World Library  
  


  
Add to Book Shelf
Flag as Inappropriate
Email this Book

Há sempre uma razão : Poesias de Pérez Filho: Poesias de Pérez Filho

By Filho, Pérez

Click here to view

Book Id: WPLBN0100303677
Format Type: PDF (eBook)
File Size: 4.52 MB.
Reproduction Date: 10/06/2021

Title: Há sempre uma razão : Poesias de Pérez Filho: Poesias de Pérez Filho  
Author: Filho, Pérez
Volume:
Language: Portuguese
Subject: Fiction, Drama and Literature, Poesia
Collections: Politics, Authors Community
Historic
Publication Date:
2021
Publisher: Pérez Filho
Member Page: Perez Filho

Citation

APA MLA Chicago

Filho, P., & Fernandes De Carvalho, C. R. (2021). Há sempre uma razão : Poesias de Pérez Filho. Retrieved from http://www.self.gutenberg.org/


Description
Poesias, trovas, sonetos e sextilhas de Pérez Filho

Summary
Pérez Filho (Hélio Fernandes) nasceu em 06/06/1917, na cidade de Avanhandava, no Estado de São Paulo. Pintou o primeiro quadro aos 13 anos, “Jesus no Horto das Oliveiras”, e iniciou na poesia aos 19. Foi professor de desenho e fundou as Escolas de Desenho e Pintura de Penápolis e de Belas Artes de Bauru. Fez teatro amador, escreveu, produziu, dirigiu, interpretou e criou coreografia e, ao longo de sua carreira, também foi pintor de propaganda de cinema. Em 1972 pintou seu último quadro, “Cristo na cruz”. Em 1980, lançou seu primeiro livro de Poesias, "Há sempre uma razão", participou de diversos recitais de poesia e mostras de pinturas e esculturas em diversas cidades do Estado de São Paulo, tornando-se Membro Honorário da Academia Bauruense de Letras. Em 1987, publicou o livro “Vidraça Antiga” e, em 1998, o livro "Os que vem de longe". Sua obra foi publicada pela primeira vez na internet em1996, no site www.perezfilho.com.br. Faleceu em 29/06/1998, aos 81 anos, deixando um livro inédito, “Sonetos de Pérez Filho”, publicado em 2021.

Excerpt
HÁ SEMPRE UMA RAZÃO Há sempre uma razão em cada gesto e em cada frase um pouco de protesto, que deixa triste quem caminha só, como se fosse, à margem de uma estrada, a pedra bruta, inerte e desgastada, acariciada apenas pelo pó. Há sempre uma razão rondando a porta de quem alcança o riso que conforta e, como eu, engana a própria dor, como se fossem passos de um espinho ferindo a folha, em forma de carinho, para viver mais perto de uma flor. Há sempre uma razão no riso triste, que no meu dia entardecido existe, emoldurando o meu olhar magoado, como se fosse a máscara ferida, de uma alegria que viveu perdida na cara do palhaço mais gozado. Há sempre uma razão quando eu componho e o verso traz depois de cada sonho, um pouco da tristeza tão antiga, como se fosse a árvore agitada, que o vento deixa toda desfolhada, privando alguém de sua sombra amiga. Há Sempre uma razão quando meu canto embarga minha voz farta de espanto, e se transforma no meu grito incerto, como se fosse a voz de um passarinho, cantando o sonho de voltar ao ninho, a transformá-lo em pássaro liberto. Há sempre uma razão nos sofrimentos de quem, amando em todos os momentos, se apega mais às horas de sofrer, como se fossem ondas espumantes, que vem beijar areias escaldantes, voltando ao mar, depois, para viver. Há sempre uma razão na fantasia que humilde envolvendo a poesia, descortinando ao mundo suas imagens, como se fosse o pão de cada dia, a terna oferta, onde o poeta envia o seu amor em forma de mensagens.

Table of Contents
Índice trovas 6 poesias diversas 22 MEU PRIMEIRO AMOR 23 CONSUMATUN EST 25 SONHO QUE CONFORTA 26 CONSELHO 27 MEU VIOLÃO E EU 29 EU SOU 30 DIÁLOGO 32 MEU CANTO TRISTE 33 ONTEM E HOJE 34 EU SOU DE ONTEM 36 RECEIO 37 DOS CARNAVAIS 38 FOLHAS SECAS 39 TALVEZ 40 MULHER 42 NÃO SOU SENHOR 43 CAVALGADA 45 A ANGÚSTIA DO TEMPO 46 POEMA DE LEMBRAR MINHA MĀE 48 POEMA DA MINHA RUA 51 OS SORRISOS PASSAM 53 SEM DESTINO 54 OTIMISMO 55 PRIMAVERA 56 NÃO SOU POETA 57 SERESTA 58 O VENTO PASSA 59 sonetos 60 IMAGENS 61 POETAS DO MAR 63 SONETO DE ESTAR SÓ 64 SEM ELA 65 SONETO DA CHUVA 66 CAMINHOS 67 MICHELANGELO 69 TARDE DEMAIS 70 SOLIDÃO 71 ANTES, AGORA E DEPOIS 72 RAZÃO DE SER 73 NOSSA VIDA 74 MEU CASTIGO 75 NADA MAIS 76 QUEM FOI 77 AGORA 79 AS ARMAS 80 TEMÁTICAS 81 BALE DE ESTRELAS 82 SE 83 CAMINHAR 84 RESIGNAÇÃO 85 VERSOS DE SORRIR 86 EU AMO A LUZ 87 VAN GOGH 89 TEMÁTICAS 90 BRINCANDO A VIDA 91 EU E O SONETO 92 TEU SER 93 IMPRESSIONISMO 94 MARCAS DO TEMPO 95 sextilhas 96 AMOR INFINDO 97 DEPOIS DA CHUVA 99 HÁ SEMPRE UMA RAZÃO 100 SÚPLICAS 102 VELHA CRIANÇA 103 CONFISSÃO 104 LEILÃO 105 BARREIRAS 107 GOSTO DE VER 108 SOBRE O AUTOR 110

 
 



Copyright © World Library Foundation. All rights reserved. eBooks from Project Gutenberg are sponsored by the World Library Foundation,
a 501c(4) Member's Support Non-Profit Organization, and is NOT affiliated with any governmental agency or department.